Cronologia e variabilidade

os Ceramistas Tupiguarani da Zona da Mata mineira e Complexo Lagunar de Araruama

  • Leandro Elias Mageste
  • Astolfo Gomes de Mello Araujo Universidade de São Paulo

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi o de promover a comparação de dois contextos arqueológicos no tocante à ocupação por ceramistas Tupiguarani. Trata-se da Zona da Mata mineira, particularmente os sítios pesquisados pela equipe do MAEA-UFJF e o Complexo Lagunar de Araruama, no litoral do Rio de Janeiro, estudado por pesquisadores do Museu Nacional/UFRJ. O quadro esboçado configurou um cenário adequado para o teste de hipóteses referentes a processos de transmissão cultural, no campo da Arqueologia Evolutiva.

Publicado
2017-12-21
Como Citar
MAGESTE, Leandro Elias; ARAUJO, Astolfo Gomes de Mello. Cronologia e variabilidade. Revista de Arqueologia, [S.l.], v. 30, n. 2, p. 211-214, dez. 2017. ISSN 1982-1999. Disponível em: <http://revista.sabnet.com.br/revista/index.php/SAB/article/view/491>. Acesso em: 25 fev. 2018. doi: https://doi.org/10.24885/sab.v20i2.491.
Seção
Resumos de Teses e Dissertações